MODULAÇÃO COM BIOIDÊNTICOS

    Hormônios bioidênticos nada mais são do que hormônios sintéticos que possuem a mesma forma química daqueles produzidos pelo organismo humano.​   

Erroneamente, muitas pessoas pensam que os bioidênticos são somente aqueles que mandamos manipular em farmácias de manipulação. Entretanto, alguns tipos de hormônios são comercializados em farmácias normais, como é o caso de alguns estrógenos, da tiroxina e do hormônio do crescimento (dentre outros).​   

A modulação hormonal com bioidênticos tem resultados bastante positivos nos casos de:

1. menopausa e climatério

2. baixa de testosterona em mulheres

3. andropausa e outras deficiências de testosterona em homens

4. hipotireoidismo, hipotireoidismo subclínico

5. deficit de crescimento em crianças e adolescentes

6. hipopituitarismo (deficiências de hormônios da hipófise, os quais estimulam a produção de hormônios em outras glândulas)

7. e outras muitas indicações​   

Com o envelhecimento, ocorrem diversas alterações metabólicas, tanto no homem quanto na mulher, e com isso tendemos a ter disfunções hormonais. Além disso, a fadiga crônica e o estresse prolongado (físico, psicológico ou emocional) também podem levar a diversas e, as vezes múltiplas disfunções hormonais que precisam ser acompanhadas e, algumas vezes tratadas.​    Enfim, todos sofremos com algum grau de estresse, não é verdade?

Então por que não marcar uma avaliação médica para fazer um “check up” ? Quanto mais cedo o diagnóstico, melhor a resposta e prognóstico.   

Lembrando que toda modulação hormonal deve ser indicada por um especialista pois existem riscos associados, ok?