ALIMENTAÇÃO HEDÔNICA

Sabia que você ia pensar que se trata de algum tipo de dieta específica. Mas não. Alimentação hedônica nada mais é do que o prazer em comer, mesmo já estando saciado. A bioquímica é bem complexa mas vou simplificar.


1. Desde a segunda guerra mundial o acesso geral da população a diversos tipos de alimentos de todas as cores e sabores cresceu
absurdamente. Com isso, começamos a sentir prazer a partir do paladar e a buscar essa sensação.

2. A partir do momento em que se sente prazer em ingerir determinado alimento, uma VIA DE SINALIZAÇÃO do nosso cérebro
é estimulada, chamada “ SISTEMA DE RECOMPENSA”, que nada mais é do que uma descarga de DOPAMINA que causa um PRAZER AGUDO, gerando o “ gostar” daquela comida.

3. Depois que você aprendeu que existe aquela sensação maravilhosa com aquela comida, você fica tendo o impulso de querer
experimentar “ aquela onda” de novo. Este age como um “motivador”. Esse “ querer” é um conceito mental promovido por circuitos no seu cérebro que produzem dopamina.

4. Com o tempo, aquela mesma comida não gera mais a mesma sensação e aí você precisa de mais sabor ou de mais quantidade para estimular o mesmo tanto essa via de recomensa.

5. Com isso, gera-se um condicionamento aprendido após uma experimentação gustativa, que pode ser um gatilho para o início do
ganho de peso.

Por isso, é tão importante retirarmos alguns mimos da nossa vida, de forma a costumarmos o nosso cérebro com uma nova realidade.
 

mais sobre Obesidade e Emagrecimento: