COMBATE A INFLAMAÇÃO CRÔNICA

 Calma. Não fique ansioso com esse fato pois esse sentimento acaba por gerar mais inflamação (falaremos mais sobre isso em outros textos).​ 

 Inicialmente você pode começar a adotar alguns itens da dieta anti-inflamatória na sua rotina alimentar. Claro que você não precisa desesperar querendo modificar tudo ao mesmo tempo. Faça de forma gradativa e de uma maneira que você consiga transformar esse novo comportamento em um hábito.  Em essência, trata-se de adotar uma dieta de alimentos integrais naturais e orgânicos. 

 Uma dieta de alimentos integrais ajuda numa grande variedade de questões anti-inflamatórias, mas quais deles, né? Abaixo, segue uma lista de alguns desses alimentos já estudados (mas não são os únicos):

Peixes de águas profundas;

Frutas vermelhas;

Nozes, amêndoas, castanhas (mas não amendoim);

Sementes e grãos integrais;

Folhas verde escuras;

Microproteína (extraída do cogumelo);

Laticínios magrosPimentas (incluindo pimenta do reino);

Tomate, Beterraba;

Gengibre e cúrcuma;

Alho;

Azeite de oliva;

Cacau e chocolate amargo;

Vegetais crucíferos;

Abacate;

Curry;

Cenoura;

Abobrinha e pepino 

Em um outro texto, falaremos sobre como esses alimentos ricos em fibras e água contribuem para a manutenção de uma microbiota saudável. Em tempo, já grave esses alimentos em sua mente e comece a introduzi-los na sua rotina.